Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Inovação e Criatividade na Educação Infantil

Publicado: Domingo, 03 de Novembro de 2013, 00h47 | Última atualização em Quinta, 17 de Setembro de 2015, 13h36 | Acessos: 792

O Ministério da Educação - MEC quer conhecer experiências inovadoras na educação básica.

O Ministério da Educação lançou uma chamada pública para Inovação e Criatividade na Educação Básica. O objetivo é criar as bases para uma política pública voltada à inovação na educação a partir do conhecimento da extensão, da distribuição geográfica e do perfil da inovação e da criatividade na educação brasileira. A chamada busca, ainda, identificar a inovação e a criatividade nas áreas de gestão, currículo, ambiente escolar, articulação com outros agentes educativos e métodos e estratégias pedagógicas.
A política pública decorrente da chamada irá fortalecer as organizações que têm propostas inovadoras. As organizações reconhecidas pelo MEC como inovadoras e criativas passarão a ser referência para a educação básica e suas atividades serão divulgadas pelo Ministério.

Acessem a página da chamada pública e conheça a iniciativa. Clique Aqui.

Podem participar da chamada pública as escolas das redes públicas federal, distrital, estaduais e municipais, escolas privadas de educação básica, associações, organizações sociais, organizações da sociedade civil e instituições educacionais comunitárias, filantrópicas e confessionais que atuam na educação de crianças, adolescentes e jovens.
Segundo Helena Singer, assessora especial do ministro da Educação e presidente do Grupo de Trabalho Nacional que orienta a iniciativa, “as pessoas não têm notícia de que é possível organizar uma escola sem as carteiras enfileiradas de frente para uma lousa, sem as salas de aula, sem os corredores, sem as aulas de 50 minutos, por disciplinas. Elas estudaram em escolas assim, seus filhos estudam em escolas assim, o nome escola já remete a este formato. Então, é fundamental divulgar novas referências, organizações que garantem os processos de aprendizado em estruturas que dialogam mais diretamente com os desafios do século XXI”.
O prazo para inscrição vai até o dia 23 de outubro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página